FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Seminário discute gênero, sexualidade e direitos humanos

O Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural (Dihs/ENSP/Fiocruz), por intermédio do Curso de Especialização Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos, promoveu, entre os dias 12 e 13 de junho, o 5º Seminário sobre Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos. Com o tema Diálogos entre a Academia e os Movimentos Sociais, o evento buscou discutir questões de gênero e sexualidade, além de traçar, de modo conjunto, um panorama da luta pela garantia de direitos humanos. O seminário contou com a participação de professores, pesquisadores, militantes de movimentos sociais e outros atores sociais envolvidos com a temática. Durante dois dias, foram discutidos temas como direitos sexuais e reprodutivos, gênero e etnia, diversidade sexual de gênero e academia, gênero e raça, e, ainda, diálogo com os movimentos sociais.Todas as apresentações estão disponíveis no Canal da ENSP no Youtube, na playlistDiálogos entre a academia e os movimentos sociais - 2017

Confira, também, a galeria de fotos do seminário, disponível ao final da matéria.

No primeiro dia de atividades do seminário, 12 de junho, foram debatidos os Direitos Sexuais e Reprodutivos - Violência Obstetrícia. O debate contou com a participação de Rita de Cássia, conselheira dos Direitos das Mulheres pelo Movimento de Mulheres de São Gonçalo; Fátima Maria dos Santos e Elisângela Dantas Bandeiras, alunas da Especialização em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos (Dihs/ENSP/Fiocruz); Renata Vasconcelos, da Associação de Doulas RJ; Camila Habdallah, doula e ativista do Projeto Maternidade Consciente; e Laura Uplinger, educadora perinatal e psicóloga. 

No segundo dia de debates, 13 de junho, pela manhã, foi realizada  a mesa Gênero e Etnia: Diálogos com a academia, que contou com a participação da psicóloga Mayra da Cruz, do doutor em Ciências Sociais pela PUC Rio Bruno Larrubia, e do mestre em Psicologia Social Moisés Santos de Menezes, que falou sobre a Diversidade Sexual e de Gênero e Academia: Desafios e Perspectivas. A mesa foi coordenada por Marcos Besserman Vianna do Dihs/ENSP.

Na tarde do segundo dia do seminário, as discussões giraram em torno do tema Gênero e Raça: Diálogos com os Movimentos Sociais. Sob a coordenação da pesquisadora do Dihs Patrícia Nassif, a mesa contou com a participação da coordenadora do Grupo Transdiversidade - Niterói; da presidente do Conselho Municipal pelos Direitos LGBT e secretária de Articulação da Antra, Bruna Benevides; da ativista do Movimento Madame Satã – PUC/RJ, Roberta de Pádua; das representantes do Papo Preta Claudina Damasceno Ozório (mestre em Psicologia Clínica – PUC/RJ) e Shenia Karlson (Especialista em Terapia de Família e Casal – PUC/RJ); e da superintendente Estadual de Políticas para Mulheres – RJ; além da representante do Fórum Estadual de Mulheres Negras – RJ, Cristhiane de Albuquerque Malungo. 

Confira a playlist com todos os debates do Seminário Diálogos entre a Academia e os Movimentos Sociais - 2017.