FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Lançamento de livro comemora os 106 anos de Burle Marx


 
O Jardim Botânico do Rio de Janeiro e a Dantes Editora lançam, em 4 de agosto de 2015, o livro "Paisagens particulares: Jardins de Roberto Burle Marx (1940-1970)", de Ana Rosa de Oliveira. O lançamento comemora os 106 anos de nascimento do paisagista e os 450 anos da cidade do Rio.
 
Em "Paisagens particulares", a autora analisa cinco jardins que pontuam importantes mudanças ao longo da trajetória de Burle Marx (1909-1994). Com farta documentação inédita, o livro constitui um passo importante para a divulgação de aspectos pouco conhecidos da obra, do método e do pensamento do paisagista e, consequentemente, para uma melhor apropriação de seu legado. 
 
Ana Rosa, responsável pelo Laboratório da Paisagem do Jardim Botânico do Rio, tem se dedicado a pesquisar a obra do mestre há 25 anos. O livro foi produzido com apoio do auxílio Editoração APQ3-Faperj.
 
Lançamento: terça-feira, 4 de agosto de 2015, a partir das 17h, no Museu do Meio Ambiente, rua Jardim Botânico, 1008. Entrada gratuita.
Mesa de debate com as pesquisadoras Beatriz Oliveira (Proarq/UFRJ) e Lúcia Costa (Prourb/UFRJ), a autora Ana Rosa e a editora Anna Dantes.
 
 
Atualização em Botânica recebe inscrições até  5 de agosto
 
Se você é professor(a) de Ciências ou Biologia, é graduado em Ciências Biológicas ou cursa licenciatura na área, que tal colocar em dia e aprofundar os seus conhecimentos de Botânica? Com exercícios práticos, oficinas e discussões, o curso de extensão "Atualização em Botânica" apresenta conceitos atuais em morfologia, fisiologia, taxonomia, filogenia, genética e ecologia de plantas. 
 
O curso consta de três módulos independentes e é oferecido pela Escola Nacional de Botânica Tropical do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (ENBT/JBRJ). As aulas começam em 15 de agosto. 

Jardim Sensorial de portas abertas


Um lugar do Jardim Botânico onde o público é convidado a um contato mais próximo com as plantas, o Jardim Sensorial reabriu à visitação na quinta-feira, 30 de julho. O espaço oferece um conjunto de plantas com diferentes texturas e aromas, colocadas ali especialmente para aguçarem os sentidos, principalmente o tato e o olfato.
 
O Jardim Sensorial ganhou uma equipe de oito monitores – dos quais três são cegos e um tem baixa visão – preparada para receber visitantes com ou sem necessidades especiais. Uma das principais atividades do projeto é a visita guiada com olhos vendados.  Estão previstas também atividades específicas para grupos escolares. 
 
O projeto é coordenado pelo Centro de Responsabilidade Socioambiental do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e tem patrocínio do Instituto Masan. Os monitores foram selecionados em uma parceria com o Instituto Benjamin Constant (IBC).
 
 
 
Funcionamento do Jardim Sensorial - Segunda-feira, das 13h30 às 16h30; de terça a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30; sábados, domingos e feriados, das 10h às 15h.
Agendamento de grupos (até 10 pessoas) e visita escolar: (21) 3204-2886
Acesso pela Rua Jardim Botânico, 1008.
  

Seminário com Governador do Rio de Janeiro e Secretários

seminario_governador.jpg  

FGV Projetos e Editora FGV lançam livro sobre o funcionamento da Justiça no Brasil

O pleno exercício democrático só é possível por meio da compreensão dos direitos e deveres por parte do cidadão comum. No entanto, a complexidade da estrutura da Justiça brasileira torna, por vezes, seu acesso difícil àqueles que não possuem formação jurídica. É nesse contexto que o livro “Conhecendo a Justiça brasileira” apresenta o funcionamento das diversas instâncias jurídicas do país.
Idealizado pelo diretor da FGV Projetos, Cesar Cunha Campos, a obra contou com extensa pesquisa da qual participaram desembargadores, advogados e procuradores. “O desconhecimento da população civil sobre o funcionamento da Justiça é a causa de muitas ações desnecessárias, que terminam por sobrecarregar o sistema e motivam críticas desmerecidas, além de problemas administrativos. Este livro é o primeiro de uma série dedicada às instituições brasileiras, com a qual esperamos contribuir para aproximar o cidadão do Estado”, disse o diretor.
O prefácio da publicação foi assinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que afirma que a obra é uma importante iniciativa de fortalecimento da cidadania. A orientação técnica ficou por conta do desembargador Milton Fernandes e do promotor de Justiça e professor da Escola de Direito do Rio de Janeiro (FGV Direito Rio) Marcio Guimarães.
Para saber mais sobre o livro, acesse aqui. A publicação estará disponível também na versão eBook a partir da próxima semana.

Música de Câmara: Trio Porto Alegre




XIII Café Ecosófico - Água: Crise Hídrica. Dia 08/08

Baró Galeria realiza retrospectiva de Almandrade, um dos mais representativos expoentes da poesia visual brasileira



 
​almandrade - poema visual - 1975 



A mostra é constituída de diversos suportes utilizados por Almandrade. São trabalhos elaborados dentro de princípios e critérios que vêm direcionando a produção do artista, por mais de quatro décadas.


Entre a geometria e o conceito, entre a forma e a palavra, entre o rigor espacial e a poesia. Assim caminha a obra do artista plástico Antonio Luis Morais Andrade, o Almandrade, expoente baiano da arte conceitual e, hoje, um dos grandes nomes das artes visuais brasileiras, com uma produção respeitada nos principais circuitos de arte do país e reconhecida internacionalmente. A partir do dia 22 de agosto, parte dessa produção poderá ser vista na Galeria Baró, Rua Barra Funda, 216 em São Paulo integrando a mostra  Do Poema Visual a Poética do Plano e do Espaço, sob curadoria de Marc Pottier, em cartaz até o dia 17 de outubro.



Almandrade compromete-se com a pesquisa de linguagens artísticas que envolve artes plásticas, poesia e conceitos. No percurso do artista destaca-se a passagem pelo concretismo, poesia visual, poema / processo e a arte conceitual, nos anos 70, o que contribuiu fortemente com a incessante busca de uma linguagem singular, limpa, de vocabulário gráfico sintético. De certa forma, um trabalho que sempre se diferenciou da arte produzida na Bahia.


Na Bahia, Almandrade foi solitário no seu engajamento à arte concreta e conceitual. Ainda assim, conquistou o respeito crítico. Suas obras, alvo de pelo menos 30 exposições individuais, já frequentaram pelo menos quatro edições da Bienal de São Paulo e hoje integram importantes coleções particulares e de museus como Museu de Arte Moderna da Bahia, Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Museu Nacional de Belas Artes (RJ), Pinacoteca Municipal de São Paulo, Museu Afro (SP) e Museu Nacional (DF).

 
​almandrade  -  1978 
Serviço

Almandrade: Do Poema Visual a Poética do Plano e do Espaço
Curadoria de Marc Pottier
Abertura: 22 de agosto de 2015, das 11à15h (aberta ao público)
Período expositivo: 25 de agosto a 17 de outubro de 2015
De terça a sexta, das 10h às 19h. Sábados, das 11h às 16h.

SPOLM 2015 - Novas Informações

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Com a presença de autoridades públicas, política educacional brasileira é tema discutido em evento da FGV

Na próxima segunda-feira, dia 3 de agosto, a Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/EESP), em parceria com o Insper e o Instituto Unibanco, irá promover o evento “Política Educacional Brasileira - Como pretendemos alcançar os resultados que precisamos?”, no Auditório do Itaú, na FGV. Dividido em três momentos, o encontro irá reunir especialistas, acadêmicos e gestores públicos que buscarão responder como a política educacional brasileira irá alcançar os resultados desejados para o futuro.
Na ocasião, estarão presentes grandes nomes da área, como Mangabeira Unger, ministro de Estado e chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República; Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do ministério da Educação; e André Portela, professor da FGV/EESP.
O primeiro momento visa apresentar um mapa detalhado do estado atual da situação educacional do país, mostrando sua evolução ao longo das últimas décadas. Para este segmento, foram convidados acadêmicos que, além de apresentar uma abrangente e detalhada avaliação da situação, irão apontar o quanto é preciso avançar para alcançar níveis educacionais compatíveis níveis de países com desenvolvimento econômico similar ao Brasil.
A segunda parte do encontro busca evidenciar o avanço que o país vem realizando em planejar seu futuro educacional, estabelecendo metas e compromissos com magnitude e data marcada para serem cumpridos. Neste momento, estarão presentes autoridades públicas e representantes responsáveis por monitorar e definir os planos, compromissos e metas nacionais para a educação.
No terceiro momento, participarão autoridades públicas e representantes responsáveis por traçar os rumos e implementar a política educacional brasileira. Esse grupo irá avaliar em que medida as ações implantadas e planejadas serão capazes de responder aos anseios, desafios, planos, compromissos e metas mapeados nos dois segmentos anteriores.
Confira a programação completa e clique aqui para realizar sua inscrição. 

Simpósio Caminhos da Inclusão: Saberes Científicos e Tecnológicos. Sua Importância para o Desenvolvimento do Indivíduo Surdo

SOMOS UFRJ
UFRJ promove evento internacional de inclusão
Em comemoração aos 10 anos do Projeto Surdos da UFRJ, acontecerá, entre os dias 03 e 05 de agosto de 2015, o “Simpósio Caminhos da Inclusão: Saberes Científicos e Tecnológicos. Sua Importância para o Desenvolvimento do Indivíduo Surdo”. As inscrições são gratuitas e estarão abertas até o dia 15 de julho, através do email jmary@bioqmed.ufrj.br.
Entre os convidados internacionais, Todd Pagano, Rochester Institute of Technology’s National Institute for the Deaf , Rochester, EUA; Terezinha Nunes, University of Oxford, da Inglaterra; Audrey Cameron, University of Edinburgh, Escócia; Rachel O’Neill, Moray House School of Education, de Edinburgh, Escócia.
O evento faz parte de um projeto do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis da UFRJ, e coordenado pela professora Vivian Rumjanek. Entre outras atividades, o projeto Surdos possui um laboratório didático com um clube de ciências para surdos, a elaboração de um glossário de termos científicos em Libras, revistas ilustradas para esse público-alvo e iniciativas de acessibilidade em museus.
Mais informações no site http://bit.ly/1C3egOD

V Simpósio Interno de Ensino, Pesquisa e Extensão da Faculdade de Farmácia da UFRJ e IV Jornada Integrada de Pós-graduação da área de Farmácia da UFRJ

A NOVA FUNDAMENTAÇÃO DAS DECISÕES JUDICIAIS

CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS
EMERJ – FÓRUNS PERMANENTES
C O N V I T E
A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – EMERJ, o Presidente do Fórum Permanente de Especialização e Atualização do Direto e do Processo Civil, Desembargador Jorge de Miranda Magalhães CONVIDAM os Magistrados, Promotores de Justiça, Procuradores do Estado e do Município, Defensores Públicos, Advogados, Estagiários da EMERJ, servidores e demais interessados para a 79ª Reunião do Fórum, a realizar-se no dia 23 de setembro de 2015, das 9h30min às 12 horas, no Auditório Desembargador Paulo Roberto Leite Ventura, situado á Rua Dom Manuel 25, 1º andar – Centro, RJ. O tema versará sobre: “A NOVA FUNDAMENTAÇÃO DAS DECISÕES JUDICIAIS”, conforme a programação abaixo:
Abertura:
Des. Jorge de Miranda Magalhães
Presidente do Fórum Permanente de Especialização e Atualização do Direito e do Processo Civil
Palestrante:
Dr. Alexandre Flexa
Advogado – SMGA Advogados
Professor de Direito Processual Civil – EMERJ (Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro), da FGV, Ibmec e PUC-Rio.
Coordenador Técnico da pós-graduação em Direito Processual e Gestão do Ibmec
Serão concedidas horas de estágio pela OAB/RJ.
Poderão ser concedidas horas de atividade de capacitação pela Escola de Administração Judiciária aos serventuários que participarem do evento (de acordo com a Resolução nº 13/2013 art. 4º, incisos I e II e art. 5º do Conselho da Magistratura).
Informações Secretaria: 3133-3369/3133-3380
Inscrições: Exclusivamente pelo site da EMERJ – www.emerj.tjrj.jus.br

Coletânea de poemas de Ivan Junqueira



O projeto “Teatro Educação” é realizado na Academia Brasileira de Letras desde agosto de 2005, com a finalidade, entre outras, de proporcionar aos alunos das escolas da rede pública uma oportunidade de estar em contato com a arte e a educação de uma maneira acessível e lúdica.

3 de agosto de 2015 às 08:00
Teatro R. Magalhães Jr.
Entrada Franca

VIOLÊNCIA URBANA: POLÍCIA E JUSTIÇA. O QUE A SOCIEDADE PODE ESPERAR?

Lançamentos de Livros da Editora GZ no RJ

Concurso O Melhor Sommelier Vinhos do Alentejo no Brasil

Concurso O Melhor Sommelier Vinhos do Alentejo no Brasil

SIRHA RJ 2015

2a conferência anual latino-americana de gestão do espectro


LatAm Conference Banner

Reunindo mais de 200 especialistas e conhecedores do assunto de toda América latina e também de outros países, o evento ocorrerá nos dias 20 e 21 de Outubro de 2015 e será, mais uma vez, realizado no Rio de Janeiro. Traduções estarão disponíveis em Inglês, Espanhol e Português. O evento é gratuito para todos os participantes e as inscrições podem ser realizadas aqui

As discussões irão focar em torno das principais questões atuais relativas à gestão do espectro na região, incluindo A passagem para o digital; Melhores práticas em leilões de espectro, prêmios e avaliações; Abordagens para a banda de 700Mhz; Alcançando os crescentes requisitos de espectro para a banda larga móvel; Espectro para o 5G; e o Posicionamento regional, prováveis resultados e implicações da WRC15 para as Américas.

Uma cópia da programação encontra-se disponível aqui e, em breve, mais informações estarão disponíveis no site do evento: www.LatAm-spectrum.com.

Para mais informações sobre o evento ou para obter mais detalhes sobre palestras, parcerias e maiores oportunidades de visibilidade, por favor me informe através do meu email dan.craft@forum-europe.com ou ligue para +44 (0) 2920 783 021.

Workshop Patagônia no Rio de Janeiro

FGV ENERGIA - Palestra João Carlos de Luca

Energia em Foco com João Carlos de Luca

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Festival Descontorno Cultura

Festival Descontorno Cultural
divulga programação completa

A Fundação Municipal de Cultura promove no próximo dia 15 de agosto a terceira edição do Festival Descontorno Cultural. Serão 12 horas ininterruptas de arte e cultura, com mais de 200 atrações artísticas nos 16 centros culturais da FMC. A programação tem apresentações musicais, espetáculos de teatro e dança e ações nas áreas de moda, artes visuais, entre outras linguagens. Todas as atrações têm entrada gratuita. Confira a programação completa e participe!

Brazil Energy Frontiers 2015

Brazil Energy Frontiers - As Fronteiras Globais do Setor Elétrico Brasileiro
 
A terceira edição da Conferência Brazil Energy Frontiersacontece nos dias 19 e 20 de agosto de 2015, no WTC Hotel, em São Paulo.
Durante dois dias serão apresentadas e discutidas visões globais para o tema “O Setor Elétrico e as Novas Fronteiras Globais” ao longo de três dimensões estratégicas:
- Política Energética: Expansão da Geração na Era Pós-Hidrelétrica;
- Mercado de Energia: O Futuro dos Ambientes de Contratação Livre e Regulado; e
- Regulação Tarifária: Um Novo Regime para uma Nova Realidade.
Palestrantes nacionais e internacionais apresentarão suas visões sobre as novas fronteiras globais para o setor elétrico no curto, médio e longo prazo.
Inscrições:

No site: www.brazilenergyfrontiers.com

Pelo telefone: (11) 3704-7733
Pelo e-mail: melissa.oliveira@acendebrasil.com.br

Para conhecer mais sobre a Conferência  Clique Aqui
 
Programa da Conferência
 
19 de Agosto, Manhã
08h30 – 09h00 Credenciamento
09h00 – 09h10 Apresentação
 
Painel 1 – Política Energética: Expansão da Geração na Era Pós-Hidrelétrica
 
09h10 – 09h30           Contexto e Questões para Debate
09h30 – 10h10           Keynote Speaker – Julian Critchlow (Bain & Company)
10h10 – 10h20           Q&A Session
10h20 – 10h40           Coffee Break
10h40 – 11h20           Keynote Speaker – Altino Ventura Filho (MME)
11h20 – 11h30           Q&A Session
11h30 – 12h30           Painel de Debate
·         Luiz Augusto Horta Nogueira (Universidade Federal de Itajubá)
·         Ildo Sauer (Universidade de São Paulo)
·         José Luiz Alqueres
12h30 – 14h00           Almoço
 
19 de Agosto, Tarde
14h00 – 16h00           APRESENTAÇÃO DE PAPERS
16h00 – 16h15           Coffee Break
16h15 – 17h00           PALESTRA MAGNA – Hugh Rudnick (Pontificia Universidad Catolica de Chile)
 
Painel 2 – Mercado de Energia: O Futuro dos Ambientes de Contratação Livre e Regulado
 
20 de Agosto, Manhã
09h00 – 09h20           Contexto e Questões para Debate
09h20 – 10h00           Keynote Speaker – Frank Wolak (Universidade de Stanford)
10h00 – 10h10           Q&A Session
10h10 – 10h30           Coffee Break
10h30 – 11h10           Keynote Speaker – Luiz Eduardo Barata Ferreira (MME)
11h10 – 11h20           Q&A Session
11h20 – 12h20           Painel de Debate
·         Edvaldo Alves de Santana
·         Leonardo Nepomuceno (Universidade Estadual Paulista)
·         Rodrigo Viana (Thymos Energia)
12h20 – 12h35           Premiação – Melhor Paper
12h35 – 14h05           Almoço
 
 
Painel 3 – Regulação Tarifária: Um Novo Regime para Uma Nova Realidade
 
20 de Agosto, Tarde
14h05 – 14h25           Contexto e Questões para Debate
14h25 – 15h05           Keynote Speaker – Michael Pollitt (University os Cambridge)
15h05 – 15h15           Q&A Session
15h15 – 15h35           Coffee Break
15h35 – 16h15           Keynote Speaker – Representante da Aneel
16h15 – 16h25           Q&A Session
16h25 – 17h25           Painel de Debate
·         Francisco Anuatti Neto (Universidade de São Paulo)
·         Fernando Alvarez (Siglasul)
·         Carlos Morosoli (Quantum)
 
 
 
 
 
 

Conferência: "Tradição e renovação na crítica brasileira", por Eduardo Portela




Cineasta Jura Capela lança livro em São Paulo

Cineasta Jura Capela lança livro em São Paulo
‘Como Não Fazer um Filme’ esmiúça a experiência de realização do longa-metragem Jardim Atlântico; publicação será apresentada na Livraria Cultura 
na sexta 31/7


Assinado pelo cineasta pernambucano Jura Capela, o livro ‘Como Não Fazer um Filme’  (ed. Letra Imagem, 160 págs., R$ 20) será lançado na sexta (31/7), na Livraria Cultura Conjunto Nacional, às 18h. Narrado em primeira pessoa, relata a experiência de realização do Filme Jardim Atlântico (2012).   

Na publicação, incentivada pelo Funcultura, Capela esmiúça os bastidores da criação cinematográfica em uma abordagem quase didática ancorada na experiência. Expõe reflexões sobre a feitura de um filme, desde o argumento inicial, roteiro e escolha de elenco até a composição de equipe de filmagem e a distribuição. Entram em cena tomadas de decisões, conflitos, erros e acertos situados ao longo de cinco anos na vida de um jovem diretor que se lança da concepção à execução do seu primeiro longa-metragem de ficção.


Sobre o cineasta

Jura Capela nasceu em Recife em 1976. Integrou grupos artísticos como Canal 03 (fotografia e vídeo) e Telephone Colorido, com o qual co-dirigiu o curta  Resgate Cultural – O Filme (2001), premiado em diversos festivais de cinema. Realizou a exposição Estéreo, na Fundação Joaquim Nabuco (Recife, 2000). Participou com instalações no 45o e no 47o Salão de Artes Plásticas de Pernambuco (Recife, 2003 e 2011). Colaborou na direção de fotografia de muitos cineastas de sua geração. Em sua filmografia, soma a codireção do média-metragemSchemberguianas (2005), a direção do curta experimental Copo de Leite (2004) e a direção de dois longas-metragens: Paranã-Puca – Onde o Mar se Arrebenta (2010, sobre as artes plásticas em Pernambuco, vencedor do Prêmio Novos Rumos Festival do Rio em 2010) e o musical Filme Jardim Atlântico (2012), produzido e distribuído pela Jura Filmes. Como Não Fazer Um Filme é sua primeira obra literária.

SERVIÇO
Lançamento do livro ‘Como Não Fazer Um Filme’ de Jura Capela
Quando: 31/7 (sexta-feira), às 18h
Local: Livraria Cultura Conjunto Nacional (av. Paulista, 2073, Bela Vista, São Paulo-SP, CEP 01311-940)
Informações: (11) 3170-4033

GRUPO ‘TODO CHORO’ FAZ APRESENTAÇÃO NO MM GERDAU



Pocket show, com clássicos e composições próprias da música instrumental, integra o projeto
“Ensaio aberto”, no MMM Café. Quinta-feira, 30 de julho, às 19h30, com entrada franca

MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, no Circuito Cultural Praça da Liberdade, promove na quinta-feira, 30 de julho de 2015, às 19h30, pocket show do grupo Todo Choro. A apresentação compõe o programa “Ensaio aberto”, cuja proposta é dar espaço para apresentações musicais de artistas profissionais e amadores. O evento acontece no MMM Café – localizado dentro do Museu –, com entrada franca.

Criado este ano, o grupo Todo Choro desenvolve um trabalho de pesquisa, estudo e divulgação da música instrumental brasileira, com destaque para o choro. Composto por músicos que transitam entre a música erudita e popular, o grupo se destaca pela interpretação e arranjos de composições próprias e releitura de clássicos. O grupo é composto pelo bandolinista Henrique Chaves, os percussionistas Washington Souza e Dgár Siqueira e o violonista Giuliano Coura. No cavaquinho, Laércio do Cavaco.

O “Ensaio aberto” é um programa criado pelo MM Gerdau para a apresentação de artistas em um ambiente leve e descontraído. A proposta é abrir o MMM Café para ensaios e outras experiências de artistas, amadores e profissionais. Foi elaborado um cardápio especial para as apresentações, que inclui cerveja gelada e petiscos como moela de frango, linguiça, pão com alho e bolinho de feijão.

SERVIÇO

Ensaio aberto – Grupo Todo Choro
  • Data: 30 de julho de 2015, quinta-feira
  • Local: MMM Café – MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal
  • Horário: 19h30
  • Entrada franca

Seminário Gratuito sobre A Lei do Desmonte

Prof. Hilton Moreno está no Rio de Janeiro com novo congresso técnico

terça-feira, 28 de julho de 2015

Conferência: “A Saúde no Brasil em 2030”



A Academia Nacional de Medicina (ANM) promove, no próximo dia 6 de agosto, às 18h, a conferência “A Saúde no Brasil em 2030”, do Professor José Carvalho de Noronha, que será apresentado pelo Acadêmico José Gomes Temporão. Médico da Fundação Oswaldo Cruz, onde coordena a iniciativa de Prospecção Estratégica do Sistema de Saúde Brasileiro "Brasil Saúde Amanhã", o Professor Noronha é pesquisador do Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict) e consultor do Proqualis, Centro Colaborador para a Qualidade do Cuidado em Saúde e Segurança do Paciente.
Com larga experiência na área de Saúde Coletiva, o Professor Noronha é membro de várias entidades médicas, como o Accreditation Committee da Joint Commission International, o Conselho Consultivo do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde – CEBES e do Conselho Empresarial de Saúde e Medicina da Associação Comercial do Rio de Janeiro.
Coordenador Adjunto da Associação Latino-Americana de Medicina Social e Saúde Coletiva, é também membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Giro Móveis :: Rio 05/08

Seminário sobre a Agenda de Crescimento do Brasil

O Brasil atravessa um momento de grandes desafios econômicos. Independente do tamanho, da origem e das consequências imediatas, é urgente analisar os desequilíbrios estruturais e as perspectivas para a economia brasileira a longo prazo. Esse é o objetivo do seminário “A Agenda de Crescimento do Brasil”, organizado pelo Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE) e pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV/EBAPE), que acontecerá nos dias 6 e 7 de agosto, na sede da FGV no Rio de Janeiro, em Botafogo.
Coordenado pelos pesquisadores do FGV/IBRE, Regis Bonelli e Armando Castelar, e pelo professor Carlos Pereira, da FGV/EBAPE, o seminário conta com a participação de importantes nomes, como: Ricardo Paes de Barros (INSPER); Bráulio Borges (FGV/IBRE); Otaviano Canuto (diretor do Fundo Monetário Internacional - FMI); Fernanda de Negri (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Ipea); Paulo Guilherme Corrêa (secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda); Mansueto Almeida (economista, especialista em Finanças Públicas); e Afonso Arinos de Mello Franco (secretário de Política Econômica, do Ministério da Fazenda).
Com aprofundamento nos âmbitos individuais das ciências econômica e política, o seminário integra economistas e cientistas políticos para realizar um mapeamento das principais questões de relevância para a agenda do crescimento. “No primeiro momento, vamos identificar os problemas estruturais que impedem um avanço mais rápido do país em direção ao desenvolvimento. Em seguida, analisar as medidas que permitiriam resolver esses problemas e liberar o país para crescer mais rápido. Por fim, discutir a possibilidade de tornar essas reformas politicamente viáveis”, explica Regis Bonelli, pesquisador do FGV/IBRE.
O professor Carlos Pereira, da FGV/EBAPE, ratifica a importância da discussão num contexto de grandes mudanças políticas e econômicas ao longo dos últimos anos. “Não existiria um modelo ‘ideal' de sistema político capaz de gerar mais crescimento econômico, uma vez que maior performance econômica pode ser alcançada numa grande variação de combinações de instituições políticas. Embora o desenho institucional que emergiu da Constituição de 1988, que combina presidencialismo forte com grande fragmentação partidária, contenha elementos favoráveis para implementação de políticas econômicas geradoras de inclusão social e equilíbrio macroeconômico, os dois últimos governos brasileiros relaxaram os constrangimentos e imperativos fiscais necessários para um processo de inclusão responsável. É como se o Plano Real tivesse sido capaz de colocar em estágio de 'coma profundo' as ideologias desenvolvimentistas dominantes até então. Entretanto, a descoberta do pré-sal, o boom de preços de commodities e a crise financeira de 2008 abriram janelas de oportunidade para a reanimação do "coma" dessas ideologias populistas, as repaginando sob o nome de 'nova matriz econômica'. A realidade agora está cobrando o preço desses desvios”, conclui.
Confira a programação completa e clique aqui para realizar a inscrição. 

ENAEX 2015. Lançamento em SP

3º Festival Internacional "Vin Du Terroir"

Riodivino&Pek 170

Degustação de Tintos de Inverno

Concurso O Melhor Sommelier Vinhos do Alentejo no Brasil

Concurso O Melhor Sommelier Vinhos do Alentejo no Brasil

SIRHA RJ 2015

Seminário Aberje de Reputação

Seminário 25 Anos do ECA - Paradigmas e Desafios

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Cursos de extensão com inscrições abertas na ENBT



A Escola Nacional de Botânica Tropical recebe inscrições para quatro cursos de seu programa de Extensão. As novidades são as turmas de Atualização em Botânica (Módulo I) e de Educação, Ambiente e Sociedade, ambas com início em 15 de agosto. 
 
O programa de Atualização em Botânica é voltado prioritariamente para professores do ensino fundamental e médio que atuam no ensino de Ciências/Biologia. As inscrições vão até 5 de agosto.
 
Também voltado para professores e educadores, o curso Educação, Ambiente e Sociedade é ministrado pela equipe de Educação Ambiental do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e pesquisadores do Laboratório de Educação, Ambiente e Sociedade da Faculdade de Educação/UFRJ. As inscrições se encerram em 12 de agosto.
 
Para quem quer fazer o curso de Ilustração Botânica II, que desenvolve a técnica de aquarela ou guache, o prazo para se inscrever termina na próxima sexta-feira, 31 de julho. As aulas começam em 4 de agosto, às terças e quintas-feiras, com uma turma pela manhã e outra à tarde.
 
Também no dia 31 de julho termina o prazo de inscrição para o curso de Identificação de Madeiras Comerciais Brasileiras, que terá aulas nos dias 8, 15, 22 e 29 de agosto, das 9h às 13h.
 
Informações completas sobre os cursos estão disponíveis em www.jbrj.gov.br/educacao/extensao
 

Exposição retrata realidade do maior povo sem nação do mundo


Fotos tiradas durante uma expedição jornalística da equipe da GloboNews ao Curdistão estão em exposição no arboreto do Jardim Botânico, ao lado do Museu do Meio Ambiente. As imagens retratam histórias sobre os curdos, o maior povo do mundo sem uma nação. São mais de 30 milhões de pessoas que buscam sua independência e o reconhecimento de seus direitos e hoje vivem entre a Síria, Irã, Armênia, Turquia e Iraque. 
 
As imagens, feitas por Michel Coeli durante a viagem, ficam em cartaz de 23 de julho a 24 de agosto. A exposição acontece paralelamente à exibição do programa ‘Que mundo é esse?’, com estreia no domingo, dia 26 de julho, às 23h, na GloboNews. E até 1º de agosto, algumas cenas do programa estão sendo projetadas na fachada do Museu do Meio Ambiente à noite.
 
A exposição pode ser visitada às segundas-feiras, das 12h às 17h e de terça-feira a domingo, das 8h às 17h. O ingresso para o Jardim Botânico custa R$ 9,00  – crianças menores de 7 anos e adultos com mais de 60 não pagam. O endereço é Rua Jardim Botânico, 1008.

Exposição "Música Brasilis- Rio Música 450 anos" chega à Arena Jovelina Pérola Negra

Mostra interativa, que começa no dia 31/07, retrata o panorama da música carioca
A exposição "Música Brasilis - Rio Música 450 anos" reúne instrumentos, vídeos e instalações interativas para mostrar um panorama das práticas musicais cariocas, desde os índios tupinambás até os dias de hoje. A mostra chega à Arena Jovelina Pérola Negra no dia 31/07, sexta-feira, e segue até o final de agosto. A entrada é gratuita e a classificação é livre.

Parte da programação oficial das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro, o projeto é uma iniciativa inovadora, na qual a tecnologia é empregada para sintetizar a riqueza da música de diversas vertentes. O projeto se apoia nos conteúdos reunidos ao longo de cinco anos no portal Musica Brasilis, cujo objetivo é o resgate e difusão de música brasileira de todos os tempos e gêneros.

A curadora da exposição, Rosana Lanzelotte, afirma que essa é uma iniciativa pioneira no país que funciona como um piloto do primeiro museu de música nacional: "O visitante pode percorrer a linha do tempo interativa, entender como funciona a notação musical, através de partituras animadas, e brincar de compor a sua própria música colocando peças em uma mesa. Estarão expostos diversos instrumentos, inclusive um raro piano de 1851, época em que o Rio se estabeleceu como a cidade dos pianos", acrescenta Rosana.

Ficha técnica:
Concepção e curadoria: Rosana Lanzelotte
Consultoria de conteúdos: Beth Ritto
Coordenação do portal: Cynthia Nunes
Pesquisa: Jonathan Valeriano, Mayra Pereira, Pedro Aragão
Instalações digitais interativas: SuperUber e Bleech
Cenografia: Susana Lacevitz
Programa educativo: Suely Avellar
Identidade Visual e sinalização: 6D
Produção Executiva: Cintia Pereira

Serviço:
"Exposição Música Brasilis - Rio 450 anos de música"
Abertura: 31/7, às 20h- Mesa redonda sobre a Pavuna e sua música, com Fábio Judice, Joaquim Ferreira dos Santos e Artur Xexéo
Visitação: 31/7 a 30/8, de terça a sábado, das 10h às 16h
Local: Arena Jovelina Pérola Negra
Endereço: Praça Ênio, s/n, Pavuna.
Tel: (21) 2886-3889
Entrada gratuita
Classificação livre
A Arena possui acesso para deficientes físicos e estacionamento gratuito. 

Expoman 2015

X CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE BIOCIÊNCIAS NUCLEARES

X CONGRESSO SBBN 2015, com o tema “Biociências à luz das radiações: das células aos seres humanos”, será realizado durante a XXX Reunião Anual da FESBE. Neste Congresso, encontraremos as mais recentes aplicações de Biotecnologia com radionuclídeos artificiais e naturais para aplicações em Biologia e Medicina, Nanotecnologia para o desenvolvimento de traçadores e novas moléculas, produção de antissoros com venenos irradiados e para aprimoramento da qualidade dos medicamentos através da investigação do metabolismo de plantas com imagens adquiridas com emissores de pósitrons. Para conduzir ensaios pré-clínicos e criar modelagem translacional com radioatividade, podemos considerar o aprendizado de outras sociedades de Biologia Experimental do país, enquanto que o planejamento de ensaios clínicos no país levando devem levar em conta a experiência internacional. Teremos como evento pré-congresso nos dias 8 e 9 de setembro, o “II International Workshop On Positron Emission Radiopharmaceuticals and Molecular Imaging: New Perspectives. Para esses dois eventos, estão confirmados os seguintes palestrantes internacionais:
  • João Alberto Osso Junior (Radioisotope Products and Radiation Technology Section, Division of Physical and Chemical Sciences, Department of Nuclear Sciences and Applications, International Atomic Energy Agency, Vienna, Austria)
  • Frederic H. Fahey (Boston Children’s Hospital e Harvard Medical School, USA)
  • Heinz H. Coenen (Institute of Neuroscience and Medicine, Nuclear Chemistry, Research Centre Jülich, Germany)
  • Suzanne E. Lapi (Mallinckrodt Institute of Radiology, Washington University School of Medicine, St. Louis, USA)
  • Henia S. Balter Binsky (CUDIM, Universidad de La Republica, Uruguay)
  • Joan F. Barquinero (Universidad de Barcelona, Espanha)
  • Dunstana Melo (Lovelace Research Institute, USA)
  • Joyce Lipzstein (National Commission on Radiological Protection consultant and former United Nations Scientific Committee for Effects of Atomic Radiation chairperson, USA)
Dia(s): 09/09/2015 - 12/09/2015
Horário: 0:00
Local: FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (FMUSP)
AV. DR. ARNALDO, 455
SÃO PAULO - SP CEP 01246903