FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA SEM FINS LUCRATIVOS

sábado, 31 de janeiro de 2015

Musical “Chico Xavier – No Céu da Vibração” já está com ingressos à venda

Exibindo Chico Xavier No Ceu da Vibracao.jpg




Produção mineira fará uma homenagem ao maior médium do Brasil com canções feitas por diversos artistas brasileiros. Toda a renda será revertida a projetos assistenciais.

                Abrindo as oficialmente as portas do Circuito BroadUai, o musical “Chico Xavier – No Céu da Vibração” terá apresentações de 27 a 31 de maio no Cine Theatro Brasil, no Centro de BH, com ingressos já disponíveis para venda.
                O espetáculo é uma produção da DrammAto Kostás em parceria com a Scalla Entretenimento, direção de Daniel Kostás e Dilson Mayron. O roteiro, inspirado no livro “Chico Xavier – Meus Pedaços do Espelho” de Marlene Nobre, traz um diferencial dentro de seu gênero, o de não trazer uma “obra biográfica linear”. De acordo com Kostás, o espetáculo quer mostrar ao público a aura energética presente em torno do Chico: “Estamos trabalhando a todo vapor para que o Circuito BroadUai seja um marco na história de BH e Minas. Começar homenageando a uma personalidade mineira tão ilustre nos dá ainda mais fôlego, é aquilo que chamamos de corrente do bem.”
                Todo o repertório da apresentação está diretamente relacionado a artistas que homenagearam Chico Xavier, como Moacyr Franco, Elis Regina, Fábio Júnior, Gilberto Gil, dentre muitos outros. A apresentação contará com participação da Orquestra Jovem das Gerais, um grupo experiente e premiado que se apresenta em diversos países da Europa.

A vida em favor dos necessitados
                Chico Xavier nasceu Francisco de Paula Cândido na cidade de Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte em 02 de abril de 1910. Filho de uma dona de casa e um vendedor de bilhetes de loteria, Chico teve uma infância humilde, marcada pela perda precoce da mãe aos cinco anos, época em que foi entregue à madrinha, de quem sofria maus tratos.
                Após muitos episódios e manifestações mediúnicas que lhe permeavam desde a infância - muitos não o entendiam como médium – Chico se mudou em 1959 para Uberaba, no Triângulo Mineiro, onde viveu por mais de 30 anos.
                Ao se instalar em Uberaba, sua fama já era grande por todo o Brasil e por lá conquistou milhares de seguidores, que buscavam em Chico uma palavra e/ou mensagem de conforto de algum ente que se foi. Chico Xavier desencarnou aos 92 anos em 30 de junho de 2002, enquanto o Brasil comemorava o pentacampeonato mundial de futebol. Curiosamente, ele dizia que desencarnaria em um momento de grande alegria para os brasileiros.
                Seu legado inclui mais de 450 livros psicografados e mais de 50 milhões de exemplares vendidos, tornando-o “o maior e mais prolífico médium psicógrafo do mundo”. Chico nunca cobrou por seu dom, ainda assim ganhou muitos presentes e doações, todas revertidas em obras sociais que seguem ativas, mantidas pelos direitos autorais de suas obras, além de doações e voluntariado. E seguindo o exemplo do médium, todo o lucro do espetáculo será revertido para obras sociais.

SERVIÇO:
Evento: Musical “Chico Xavier – No Céu da Vibração”.
Data: 27 a 30/05 (quarta a sábado) de 2014 às 20:30h; 31/05 (domingo) às 19h.
Local: Cine Theatro Brasil – Praça Sete – Rua Carijós, 258 – Centro – Belo Horizonte/MG.

Governo prepara medidas para incentivar o uso eficiente de energia

Conjunto de ações será anunciado nos próximos 60 dias, contudo Braga já adiantou que está sendo estudada uma premiação para quem economizar eletricidade

O governo prepara um conjunto de medidas para incentivar o consumo eficiente de energia elétrica no Brasil. Essas ações, previstas para serem anunciadas em 60 dias, vão contemplar consumidores industriais, comerciais, residências, tanto públicos como privados. "Nós vamos lançar um programa de eficiência energética que com certeza vai ter um impacto muito positivo", disse o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, nesta sexta-feira, 30 de janeiro. Ele descartou a possibilidade da criação de um incentivo fiscal, mas já adiantou que está sendo estudada uma forma de premiar o consumidor que reduzir o consumo de eletricidade.
O prazo de 60 dias coincide com o fim do período úmido em abril - que, segundo o ministro, não é apenas uma coincidência. Nesta tarde, o ministro se reuniu no Rio de Janeiro, da sede do ONS, com representantes da Empresa de Pesquisa Energética, do Operador Nacional do Sistema Elétrico e da Agência Nacional de Energia Elétrica para fazer a avaliação de algumas dessas ações. Além de técnicos, estiveram presentes Mauricio Tolmasquim, presidente da EPE, e Hermes Chipp, diretor geral do ONS. Pela manhã, Braga conversou com representantes das empresas do setor elétrico e cobrou a entrega de obras atrasadas. Por outro lado, os empreendedores reivindicaram mais previsibilidade das ações do governo, garantias relativas ao GSF, "mas sempre com a preocupação de fazer com que o setor seja mais robusto, estruturado e mais atrativo para o investimento privado".
O ministro disse que não vê risco de novos apagões e que o governo está administrando ações de curto, médio e longo prazo para manter o sistema funcionando com regularidade. "É claro que todos sabemos que o país vive uma crise hidrológica, mas repito: na energia nós temos várias formas de administrar". Braga revelou que o ministério está fazendo uma gestão "diferenciada" em 17 linhas de transmissão que estão em obras. Além disso, esforços estão sendo empenhados para acelerar o retorno à operação de equipamentos que estavam em manutenção, principalmente as térmicas movidas a gás.
Braga esclareceu ainda que a decisão de decretar um racionamento passa por uma série de variáveis. “Não é apenas a questão do ritmo hidrológico, temos um conjunto de ações que, somadas, recomendarão as ações necessárias para que o Brasil possa ter conhecimento dos próximos passos.” Ele explicou que tudo depende do limite de manobras que podem ser feitas no sistema elétrico. “Temos várias manobras disponíveis. Manobras de energia de Itaipu com Paraguai, com a Argentina. Além disso, recuperamos a nossa capacidade de transmissão de energia do Norte para o Sul. Estamos testando uma nova rede de transmissão no bipolo do rio Madeira que poderemos usar.” Nesta sexta-feira, segundo o ministro, a carga atingiu um pico de 80 mil MW, e mesmo assim o sistema apresentou uma folga de geração da ordem de 5 mil MW.

Agenda Setorial 2015: Regulação e Mercado

AGENDA SETORIAL 2015
O fórum Agenda Setorial 2015: Regulação e Mercado é o evento anual promovido pelo Grupo CanalEnergia que acontece no primeiro trimestre do ano, abrindo o calendário de eventos do setor elétrico nacional. O evento tem como objetivo fornecer aos participantes uma visão estruturada da pauta do setor para o ano que se inicia, apresentando temas de relevância para o mercado.
O sucesso obtido após a realização do Agenda Setorial 2014 consolidou o evento como referência para as melhores tomadas de decisão em função da abordagem dos cenários e prognósticos de mercado, além de ser a primeira grande oportunidade do ano para o networking setorial.

Super Early Bird rate expires this Sunday

GiGse 2015
Super Early Bird rate expires this Sunday for North America’s trend setting iGaming event
Save $500 by registering for GiGse before this Sunday - Click Here

The iGaming industry is at the crossroads – Find your way at GiGse - setting the agenda since 2010:
  • GiGse was the first ever event to discuss how to advance the iGaming debate when it started gaining momentum in 2010 (from 250 attendees in 2010, to now close to 700)
     
  • GiGse was mentioned in the Harry Reid/Jon Kyl July 2011 letter to the Attorney General that is believed to have led to the historical DoJ memorandum on the application of the Wire Act
     
  • GiGse’s Start-Up LaunchPad has fuelled many new companies, including Imperus that bought Diwip Technologies in a memorable $100 Million deal in 2014, just one year after their GiGse winning debut
     
  • Social gaming was first identified by GiGse as a powerful business model and explored with the launch of the Social Casino Summit
     
  • Consumer research reports commissioned by GiGse right after the launch in NJ informed the marketing decisions of the likes of Tropicana, Pala Interactive and others - see testimonials here

GiGse will continue to set the agenda in 2015 and beyond by:
  • Adopting the Open Space format that will give YOU the power to influence the agenda of discussions and participate in a much more collaborative and organic way - find out more here
     
  • Inspiring the industry with outside industry keynotes that will unveil new perspectives to reinvent the narrative and influence positive change - see our keynote profile here
     
  • Staging the first ever Hackathon competition in which game developers create, over the course of GiGse, a game application that will steal the hearts and minds of younger players
     
  • Supporting the innovation with the Start-Up LaunchPad and zone to feature the latest gaming start-ups vying for capital and industry contacts - find out more here
     
  • Adding the social and skill-based gaming focus stream to assist your efforts to appeal to younger generations of players – whether you want to do it online, on-property or across social channels

Our 5-year track record of supporting the US iGaming speaks for itself. So don’t delay your registration and book now before the booking rate jumps up.

To register for the show and save $500, click here

Kind regards,

The GiGse 2015 Event team

P.S. Don’t forget to download the GiGse 2015 Advisory Board Open Space Report – hear the findings of 40 leading iGaming experts – Download the Report Here
GiGse 2015
FacebookTwitterLinkedInYouTube

© Copyright Clarion Events 2014. All rights reserved.
This message was sent to revistaculturacidadania@gmail.com by Clarion Events Ltd.
If you do not wish to receive further emails about GiGse 2015 you can unsubscribe here

LNG in China - The Dynamics of Supply & Demand




Online Network for
Global LNG Leaders


Issue number. 40
Supplying China - The policies and dynamics surrounding the supply and demand of LNG in China.
China’s consumption of energy has massively outstripped its production growth.

However, times are uncertain; with unpredictability in demand, the oil price environment and policy reforms.

With more sustainable future energy plans in the pipeline, who will be China’s preferred suppliers, and how much LNG will be required by the world’s largest energy consumer?

          
LNG Export Projects - A Historical View
By Philip R. Weems & Monica Hwang, King & Spalding
Unpredictable change is the only constant in the LNG industry. With the global oil price plummet, as well as technological and political factors affecting the entire LNG market... Read More>>>
LNG Export Projects - A Historical View
By Philip R. Weems, Partner, King & Spalding
Covering commercial and technical standpoints, and focusing on key contractual, regulatory, and other legal developments, Philip takes us through the decades that have shaped the LNG industry... Read More>>>
The LNG Hub State of the Industry Survey Results
As global oil prices tumble, the LNG industry looks at its own capabilities and assesses the challenges that lay ahead. The LNG Hub conducted a survey on the many factors that are affecting the LNG industry, including market growth and demand, and came up with some interesting results ... Read More>>>
CONTACT US

To find out more about the LNG Hub or contribute an article, please contact Tanya Crossick on 
info@lnghub.biz or call +44 20 7978 0000
Follow us on...
www.linkedin.com
Search - LNG Hub- Leaders' Forum
The CWC Group Ltd, Oyster Wharf, Regent House, 16-18 Lombard Road, SW11 3RB
Registered in England no. 3410466

RMC: Conheça a programação completa do Rio Music Conference 2015


Grande baile final do Concurso de Marchinhas 2015