FOTOGRAFIAS

AS FOTOS DOS EVENTOS PODERÃO SER APRECIADAS NO FACEBOOCK DA REVISTA.
FACEBOOK: CULTURAE.CIDADANIA.1

UMA REVISTA DE DIVULGAÇÃO CULTURAL E CIENTÍFICA SEM FINS LUCRATIVOS
(TODAS AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS PUBLICAÇÕES SÃO DE RESPONSABILIDADE DE QUEM NOS ENVIA GENTILMENTE PARA DIVULGAÇÃO).

sábado, 18 de novembro de 2017

Novo livro fala sobre regulação das ferrovias

Na esteira das mudanças na regulamentação do setor ferroviário brasileiro, implementadas a partir de 2011, o pesquisador Armando Castelar Pinheiro e o advogado Leonardo Coelho Ribeirotraçaram um panorama do setor no país. A obra “Regulação das Ferrovias”, que será lançada pela Editora FGV e pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (IBRE) no dia 22 de novembro (quarta-feira), às 18h, na Livraria FGV (Praia de Botafogo, 190. Rio de Janeiro), traz a abordagem histórica do setor desde sua criação no século XIX, além de análises da regulação do setor no mundo e do impacto econômico das recentes alterações nas leis nessa área no Brasil.
“Nossa visão é que há um vácuo na discussão sobre regulação do setor, que é muito importante para a economia. Faltava um registro, uma discussão sobre as teorias e os conceitos legais a respeito do que vinha sendo feito (recentes alterações na legislação), além de contextualizar o Brasil em um processo mais amplo internacional. A ideia é oferecer uma referência para quem trabalha na área, para que possa consultar e entender os conceitos, e como os outros países estão lidando com a mesma questão”, destacou Castelar, coordenador da área de Economia Aplicada do IBRE.
Dividido em dez capítulos, o livro aborda, de forma didática, o setor ferroviário pela perspectiva regulatória, começando com uma visão histórica, passando pelo seu surgimento no país e pela estrutura da área de Transportes, incluindo informações sobre outros modais, arcabouço governamental e agências reguladoras. Os autores tratam ainda das concessões verticais, concorrência no setor e da análise aprofundada das reformas regulatórias implementadas na Europa e em países como Estados Unidos, Austrália, Reino Unido e Japão. O objetivo é ser uma fonte de aprendizagem e de ensino.
As reformas regulatórias do setor no Brasil ocorridas em 2011 e no período de 2012-2013, bem como a revisão tarifária em 2012, mereceram especial atenção de Coelho, Mestre em Direito Público, e de Castelar, que propõe a definição de leis mais claras para o setor ferroviário.
“O Brasil certamente tem espaço para aumentar a malha ferroviária, fazer novos investimentos. Mas há vários problemas que atrapalham a entrada de novos projetos para o setor, por exemplo, a economia ter entrado em recessão e ser um setor que exige alto investimento com risco elevado. Entre os fatores que poderiam ajudar está a uniformização regulatória. Porque hoje em dia o que se tem é um modelo híbrido de regulação que é pouco claro em relação ao que está valendo ou não. É preciso sintetizar as regras atuais em um formato novo”, avaliou o pesquisador do IBRE.
Para mais informações sobre o livro, acesse o site.

Think Tanks debatem modos de combater ‘fake news’ e robôs em Washington

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas (DAPP) da FGV participou, entre os dias 2 e 3 de novembro, do fórum internacional "Policy Research vs. Alternative Facts: Will Think Tanks Become the Casualties in the Guerrilla War of Ideas?", promovido pela Universidade da Pensilvânia em parceria com a Fundação Getulio Vargas. O evento realizado em Washington reuniu 45 think tanks com o objetivo de discutir o papel dessas instituições na promoção de um debate público qualificado sobre a política em diversos níveis de governo em um contexto de emergência de fake news e campanhas de desinformação.
A DAPP foi representada no Alt-Facts Forum pelo diretor Marco Aurelio Rudieger, que apresentou o recente trabalho da unidade sobre o uso de contas automatizadas em momentos-chave da política brasileira. O estudo "Robôs, redes sociais e política no Brasil: interferências ilegítimas no debate público na web, riscos à democracia e processo eleitoral de 2018" aponta que na greve geral de abril de 2017, por exemplo, mais de 20% das interações ocorridas no Twitter entre os usuários a favor da greve foram provocadas por esse tipo de conta. Durante as eleições presidenciais de 2014, os robôs também chegaram a gerar mais de 10% do debate.
“O modo como as redes sociais estão sendo utilizadas e manipuladas para ajustar agendas e interesses de grupos particulares é central na política brasileira e internacional. Essa questão está sendo pensada por todos os think tanks de ponta, como pudemos ver no fórum em Washington. Esse é um fenômeno que vai acontecer com uma intensidade muito maior nas eleições de 2018, ainda mais porque há agora recursos públicos envolvidos na utilização de redes sociais. O nosso trabalho busca investigar e propor soluções para manter as redes como um canal aberto para todos e ao mesmo tempo não permitir distorções que ameacem a democracia”, destacou.
O estudo “Robôs, redes sociais e política no Brasil” está disponível no site.

Seminário "Meios de Comunicação e Sociedade do Espetáculo: Dimensões Econômica, Política e Cultural"

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

8˚CINEFOOT-FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL




8˚CINEFOOT-FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL
Uma rara seleção de filmes serão exibidos em quatro cinemas com entrada gratuita
                           
A festa do cinema de futebol vai começar!    

CINEFOOT-FESTIVAL DE CINEMA DE FUTEBOL dá o pontapé incial da sua oitava edição no Rio de Janeiro, de 23 de novembro a 3 de dezembro,  apresentando uma programação de 42 filmes, com entrada franca em quatro salas.

Ao todo são 17 filmes brasileiros e 22 internacionais oriundos da França, Grécia, Rússia, Islândia, Itália, México, Argentina, Inglaterra, Uruguai, Equador e Alemanha; além de três co-produções: Brasil/Inglaterra, Alemanha/Irã e Líbano/USA.

Em 2017, além das tradicionais mostras competitivas de curtas e longas-metragens que ocorrem no Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo), o CINEFOOT chega pela primeira vez em Niterói, no Cine Arte UFF.

CCBB-Centro Cultural Banco do Brasil recebe a nova mostra especial criada pela organização do CINEFOOT batizada de "GERALDINOS & ARQUIBALDOS“ e a já consagrada MOSTRA DENTE DE LEITE, voltada para o público infantojuvenil.

CCJF-Centro Cultural Justiça Federal apresenta a "PRORROGAÇÃO“ do CINEFOOT, de 30/11 a 3/12.


Programação CINEfoot- Festival de Cinema de Futebol


No Espaço Itaú de Cinema (Praia de Botafogo):


MOSTRAS COMPETITIVAS DE CURTAS E LONGAS-METRAGENS

De 23 a 28 de Novembro

Para a MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS-METRAGENS, o CINEFOOT reúne sete filmes, seis deles inéditos no Brasil.

São eles:

FORA DE CAMPO, Itália, Dir. Collettivo MELKANAA, DOC;
ALEX CAMERA 10 - TURQUIA AO BRASIL - DESPEDIDA DO FUTEBOL, Brasil, Dir. Caue Serur, DOC;
EL ZURDO,  A VINGANÇA DO IGNORADO, Argentina, Dir. Roberto Cox, DOC;
CAMPINHO, Rússia, Dir. Eduard Bordukov, FIC;
YOU'LL NEVER WALK ALONE, Alemanha, Dir. André Schäfer, DOC;
LISTRAS PRETAS E BRANCAS: A HISTÓRIA DA JUVENTUS, Itália, Dir. Marco La Villa, Mauro La Villa, DOC;
1976-O ANO DA INVASÃO CORINTHIANA, Brasil, Dir. Ricardo Aidar e Alexandre Boechat, DOC.

O CINEFOOT premiará o melhor filme de longa-metragem exclusivamente através do voto popular.


Para a MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS-METRAGENS, o CINEFOOT selecionou 13 filmes, sendo 12 inéditos no Brasil.

São eles:

PENALTY, Itália, Dir. Aldo Iuliano, FIC;
QUE NEM MEU PAI, Brasil, Dir. Pedro Murad, DOC;
BRAZUCA, Grécia, Dir. Faidon Gkretsikos, FIC;
LÍBANO GANHA A COPA DO MUNDO, Líbano/USA, Dir. Tony ElKhoury, Anthony Lappé, DOC;
INTERVALO, França, Dir. Arnaud Pelca, FIC;
O ROUPEIRO, Equador, Dir. Andres Cornejo, DOC;
MANN OF THE MATCH, Brasil/Inglaterra, Dir. Karin Duarte, DOC;
DOMINGO, México, Dir. Raúl Lopez Echeverría, FIC;
SATURDAY, Inglaterra, Dir. Mike Forshaw, FIC;
MARACANAZO, Argentina, Dir. Alejandro Zambianchi, FIC;
TEERÃ DERBY, Alemanha/Irã, Dir. Simon Ostermann, DOC;
BONIEK & PLATINI, França, Dir. Jérémie Laurent, FIC;
BOCA DE FOGO, Brasil, Dir. Luciano Pérez Fernández, DOC.

O CINEFOOT premiará o melhor filme de curta-metragem exclusivamente através do voto popular.


CINEFOOT / SESSÃO ESPECIAL DE ABERTURA

23/11, QUINTA-FEIRA, ÀS 20h30, ENTRADA FRANCA (Sujeita à Lotação da Sala)

A sessão especial de abertura do CINEFOOT no Rio de Janeiro, contará com a première no Brasil do documentário " DENTRO DE UM VULCÃO - A ASCENSÃO DO FUTEBOL ISLANDÊS, Direção de Saevar Gudmundsson.
Esta é a incrível história da geração dourada do futebol da Islândia. Uma visão pessoal de uma equipe que fez o mundo virar o olhar em sua direção, quando se tornou o menor país do mundo a alcançar a fase final da EuroCopa.
O Diretor, Saevar Gudmunsson, teve acesso total à equipe e revela a intimidade de um grupo de jovens que cresceu ouvindo que sua paixão, o futebol, nunca alcançaria dias de glória no seu país. E tudo transbordou para as arquibancadas, onde o grito viking dos torcedores marcou a competição.


CINEFOOT / SESSÃO ESPECIAL DE HOMENAGEM: JOÃO SALDANHA

25/11, SÁBADO, ÀS 21h, ENTRADA FRANCA (Sujeita à Lotação da Sala)

A homenagem central do 8˚CINEFOOT é voltada para o centenário de João Saldanha.
Na sessão das 21h do dia 25/11, será exibido o documentário JOÃO SALDANHA, de André Iki Siqueira e Beto Macedo, que reconstrói a história do jogador, técnico, cronista, imprevisível, polêmico e irreverente João Saldanha (1917-1990), que ficou conhecido como o comentarista que o Brasil inteiro consagrou. O longa traz imagens inéditas da época de ouro do futebol brasileiro, todas registradas em 35mm. São cenas que vão desde um Maracanã enlouquecido em preto-e-branco em 1957 até os preparativos da inesquecível seleção de 70. Curiosidades e casos divertidos da vida do comentarista são revelado através de depoimentos da família Saldanha, de ex-jogadores de futebol, de jornalistas esportivos e de amigos.
Para a homenagem, o CINEFOOT recebe familares e amigos de João Saldanha, além do Co-Diretor do filme, Iki Siqueira.


CINEFOOT / SESSÃO ESPECIAL DE ENCERRAMENTO E PREMIAÇÃO
28/11, TERÇA-FEIRA, ÀS 20h30, ENTRADA FRANCA

O programa da sessão de encerramento e premiação do CINEFOOT no Rio de Janeiro, apresenta première no Brasil do filme "PERGUNTE QUEM ERA FALCÃO, Direção de David Rossi.
10 de agosto de 1980. O dia que muda a história de AS Roma. O dia em que Paulo Roberto Falcão vai para Roma. As Copas italianas, o título. Tudo começa com ele, mudando a mentalidade da AS Roma que começa a pensar grande. Esta é a história do oitavo Rei de Roma, uma viagem de ida e volta da Itália ao Brasil para explicar "Quem era Falcao".

Nesta sessão está programada a realização da segunda edição do "REDAÇÃO AM NO CINEFOOT“, uma divertida premiação da melhor narração do quadro REDAÇÃO AM do programa REDAÇÃO SPORTV apontada pelo público presente no cinema.

Serão entregues as Taças de Melhor Curta e Melhor Longa do 8˚CINEFOOT, e o Troféu João Saldanha, destinado ao filme que melhor expressar as facetas humanas, democráticas e libertárias do futebol.

CINEFOOT mantém parceria com a FICTS- Federation Internationale Cinema Television Sportifs. Esta tradicional federação italiana, sediada em Milão, reúne os 16 mais prestigiosos festivais de cinema esportivo do mundo, sendo o CINEFOOT um dos eventos integrantes deste seleto circuito internacional.



No Cine Arte UFF (Niterói):


CINEFOOT EM NITERÓI / ESTREIA NA CIDADE

De 24 a 29 de Novembro

 O CINE ARTE UFF recebe o CINEFOOT na sua edição inaugural em Niterói, contribuindo para a ampliação do leque de admiradores do cinema de futebol.

O CINE ARTE UFF é o espaço ideal para a bola rolar, desfilando produções brasileiras e internacionais oriundas da Alemanha, Itália, Inglaterra, Espanha e Uruguai. Um time com 11 filmes de diversos formatos, entre curtas e longas-metragens documentais e ficcionais.

Niterói possui tradição nas cenas futebolística e cinematográfica, sendo palco de momentos marcantes na história. A união destas artes centenárias em torno de um festival de cinema singular e irreverente, gera um ambiente propício para o fortalecimento da identidade e promoção dos valores mais preciosos do futebol e do cinema na cidade.

PARTIDA INTERNACIONAL, Alemanha, Dir. Nadine Schrader, Sven Schrader, FIC;
DEMOCRACIA EM PRETO E BRANCO, Brasil, Dir. Pedro Asbeg, DOC;
DOIS PÉS ESQUERDOS, Itália, Dir. Isabella Salvetti, FIC;
O PRÓXIMO GOL LEVA, Inglaterra, Dir. Mike Brett, Steve Jamison, DOC;
PORQUE HÁ COISAS QUE NUNCA SÃO ESQUECIDAS, Itália, Dir. Lucas Figueroa, DOC;
MARACANÃ, Uruguai, Dir. Sebastián Bednarik e Andrés Varela, DOC;
A CULPA É DO NEYMAR, Brasil, Dir. João Ademir, FIC;
JOÃO SALDANHA, Brasil, Dir. André Iki Siqueira e Beto Macedo, DOC;
BARBA, CABELO & BIGODE, Brasil, Dir. Lucio Branco, DOC;
BOCA DE FOGO, Brasil, Dir. Luciano Pérez Fernández, DOC;
GERALDINOS, Brasil, Dir. Pedro Asbeg, Renato Martins, DOC;



No Centro Cultural Banco do Brasil (centro):

 MOSTRA ESPECIAL "GERALDINOS & ARQUIBALDOS“

De 24 a 27 de Novembro

Foram selecionados sete filmes que envolvem na sua narrativa identidade, memória e direitos humanos no futebol.

São eles:

PENALTY, Itália, Dir. Aldo Iuliano, FIC. (tema central: refugiados);
FOME DE BOLA, Brasil, Dir. Sidney Garambone, DOC. (tema central: refugiados);
A COPA DOS REFUGIADOS, Brasil, Dir. Luciano Pérez Fernández, DOC. (tema central: refugiados);
SEGUNDA PELE FUTEBOL CLUBE, Brasil, Dir. Filipe Mostaro, DOC. (tema central: identidade/colecionadores de camisas);
BONIEK & PLATINI, França, Dir. Jérémie Laurent, FIC. (tema central: política/democracia);
LÍBANO GANHA A COPA DO MUNDO, Líbano/USA, Dir. Tony ElKhoury, Anthony Lappé, DOC. (tema central: política/conflitos internos);
MAIS TRISTE QUE CHUVA NUM RECREIO DE COLÉGIO, Brasil, Dir. Lobo Mauro, DOC. (tema central: política/democracia)


MOSTRA ESPECIAL "DENTE DE LEITE“

Dias 24 e 27 de Novembro

Realizada pelo oitavo ano consecutivo, a MOSTRA DENTE DE LEITE busca contribuir para o processo de formação de especatdores, apresentando uma rica e variada seleção de curtas-metragens futebolísticos.

A RUA É PÚBLICA, Brasil, Dir. Anderson Lima, FIC;
O PRIMEIRO JOÃO, Brasil, Dir. André Castelão, ANIMA;
GAÚCHOS CANARINHOS, Brasil, Dir. Renê Goya Filho, DOC;
A CULPA É DO NEYMAR, Brasil, Dir. João Ademir, FIC;
TAPETE VERDE, Brasil, Dir. Angelo Martin, DOC;
DOIS PÉS ESQUERDOS, Itália, Dir. Isabella Salvetti, FIC.


No Centro Cultural Justiça Federal (centro):

MOSTRA ESPECIAL "PRORROGAÇÃO“

De 30 de novembro a 3 de dezembro

Tradicionalmente realizada logo após o encerramento das competições do CINEFOOT, a MOSTRA PRORROGAÇÃO oferece a oportunidade de reprisar alguns filmes, oferecendo uma chance extra para o público.

EL ZURDO,  A VINGANÇA DO IGNORADO, Argentina, Dir. Roberto Cox, DOC;
O PRÓXIMO GOL LEVA, Inglaterra, Dir. Mike Brett, Steve Jamison, DOC;
1976-O ANO DA INVASÃO CORINTHIANA, Brasil, Dir. Ricardo Aidar e Alexandre Boechat, DOC;
DOMINGO, México, Dir. Raúl Lopez Echeverría, FIC;
PENALTY, Itália, Dir. Aldo Iuliano, FIC;
O ROUPEIRO, Equador, Dir. Andres Cornejo, DOC.



Serviço: 8º CINEfoot- Festival de Cinema de Futebol (Rio de Janeiro)

ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA: Praia de Botafogo, 316. Sala 4.
De 23 a 28 de novembro.
Sessão de abertura: Quinta-feira, dia 23, às 20h30.
Sexta, dia 24: sessões às 19h e às 21h. Sábado (25) e domingo (26): 17h, 19h e 21h. Segunda (27): 19h e 21h. Sessão de encerramento: Terça (28): 20h30.
Capacidade: 165 lugares.
De 24 a 29 de Novembro. De sexta (24) até quarta-feira (29), às 19h.
Capacidade: 525 lugares.
CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL/ CCBB: Rua Primeiro de Março, 66. Centro. (Salas 1 e 2)
De 24 a 27 de Novembro.
Sexta-feira (24): às 10h (Sessão Dente de Leite) e às 19h. Sábado (25): 18h. Domingo (26): 18h. Segunda (27): meio-dia (Sessão Dente de Leite) e às 18h.
Capacidade: Sala 1: 102 lugares. Sala 2: 52 lugares.
CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL/ CCJF: Avenida Rio Branco, 241. Centro.
De 30 de Novembro a 3 de Dezembro. De quinta a domingo, às 19h.
Capacidade: 60 lugares.
Entrada franca
Classificação livre
Informações: www.cinefoot.org

Seminário Liberdade de Expressão: Chega de mordaça para juízes

Seminário Internacional Frotas & Fretes Verdes

Convite_EletronicoFFV2017.jpg

Workshop The Data Science Revolution in Finance


| Workshop: The Data Science Revolution in Finance
| Workshop: The Data Science Revolution in Finance
| Workshop: The Data Science Revolution in Finance
| Workshop: The Data Science Revolution in Finance
FacebookLinkedinTwitterGoogle PlusYoutubeInstagramMais